1. Fui preso em flagrante delito ou preventivamente pela justiça o que fazer?
R: A primeira coisa a fazer em caso de prisão em flagrante é manter a calma, segundo exija seu direito constitucional de telefonar para um familiar e se manter em silêncio e sempre que possível informar que deseja ser acompanhado por advogado.

2. Fui intimado pela Polícia Civil ou Pela Polícia Federal Para prestar esclarecimento o que fazer?
R: A intimação policial ela decorre por dois motivos, ou porque você é testemunha de algum fato criminal ou porque você é investigado em algum inquérito policial.

3. É necessário contratar advogado para me acompanhar na delegacia?
R: A contratação de advogado, como em qualquer outra profissão decorre do interesse do cliente.

 

4. Compareci na Delegacia sem advogado e acabei sendo indiciado pelo crime que estão me acusando e agora o que fazer?
R: Se você foi indiciado é porque provavelmente autoridade policial se convenceu que existem indícios de que você é o Autor do Crime praticado.

 

5. Recebi uma intimação do Oficial de Justiça do Fórum da Justiça Federal Criminal ou Justiça Criminal Estadual para apresentar minha defesa preliminar criminal no prazo de 10 dias o que significa?
R: Significa que você não é mais investigado e sim réu em uma ação penal e deverá providenciar sua defesa no prazo legal.


Quando se fala em atendimento de urgência com advogado de plantão o ato prescindi de qualquer modalidade de prisão, pois este é considerado o momento mais crítico para o acusado, e, se torna um ato bastante importante para o cliente fazer se acompanhado por um advogado criminal na Delegacia ou no Distrito Policial para ter seus direitos constitucionais garantidos e preservados contra imposições ou abusos de autoridades policiais, como também, ter assegurado seu direito de Liberdade Provisória com ou sem Fiança o mais rápido possível. É também um dos momentos principais para o sucesso de sua defesa penal quando este vier a ser acusado em definitivo.

 

Portanto, a urgência decorre somente nesses casos, para outros assuntos o cliente deverá obter as informações no horário de expediente normal. O telefone de contato fora do expediente é o número (45) 98262020, neste número haverá sempre um advogado de plantão para te atender.

Abaixo disponibilizamos algumas orientações para o preso seguir até a chegada do advogado criminalista na delegacia para acompanhamento.

Dúvidas Criminais


Plantão Criminal: (45) 98262020
PRESTES ADVOCACIA CRIMINAL

ADVOCACIA CRIMINAL
 

CASOS DE URGÊNCIA
INÍCIO  ATENDIMENTO DE URGÊNCIA ADVOGADO CONTATO
Plantão Criminal 24 Horas
(45) 98262020 - (45) 99647609